quarta-feira, 4 de abril de 2012

Resenha de Abril - Mocinho sequestra mocinha

Pureza Roubada - Elizabeth Mayne
"Ela conquistou o inimigo com a força de seu amor!
Alemanha e França, 841 d.C.
Raptada por um guerreiro saxão, Thea Bellamy enfrentou o maior desafio de sua vida: a mente ordenava-lhe que odiasse aquele homem, mas ela não conseguia dominar os caprichos de seu enlouquecido coração…
E Thea descobriu o irresistível poder da paixão nos braços de Roderick, duque de Emory,
seu raptor!"

Então, outro histórico... Já deu pra notar que eu adoro romances históricos? Acho que ainda não, já que esse ainda é só o segundo livro da maratona. Mas como criatura ansiosa que sou, já vou adiantando que adoro e se a lista de temas me permitisse eu colocaria a maratona toda histórica, mas vamos falar do livro agora.
Não conhecia a autora e depois da decepção do livro de março, confesso que comessei a ler esse livro com um pé atrás. Não era necesssário. Eu adorei o livro, tanto pelo jeito como a história foi se encaixando de modo perfeito (odeio quando a autora muda o rumo do livro de uma vez e a história fica meio boiando no vazio) quanto pela inteligência dos personagens, o que gera muitas cenas engraçadíssimas e ótimos diálogos.
O melhor do livro? A mocinha que não era assim tão submissa e o mocinho, enfrentando o serio problema de tentar conseguir o respeito de gente que te conhece desde que ele usava fraldas. É bom saber que não importa a cultura ou a época que você vive, certas coisas não mudam... Além disso o contexto foi muito bem colocado, sem desviar a atenção mas sem tomar o espaço da história. O pior? Acho que a história da Marie foi meio rápida demais, como se a autora tivesse se esquecido dela no meio do livro. Mesmo assim, foi muito bom ter lido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário